sexta-feira, 27 de janeiro de 2017

Não culpe o seu coração.

Não culpe o seu coração. Não culpe-o pelas vezes em que você acordou e digitou um bom-dia com um sorriso estampado no rosto, pelos dias em que você estava prestes a arrumar a mala da sua vida e partir sem dar explicações para a pessoa que ama. Não se culpe por carregar tanto amor dentro do peito, são raras as pessoas que carregam ele dentro de si. Tudo o quanto é raro, é valioso, precioso e precisamos manter perto de nós, ah, e você é. Não culpe o seu olhar por encher de lágrimas ao ler algo que não desejava ler, os seus ouvidos por ouvir algo que não desejava estar ouvindo, suas mãos por ter entrelaçado nas mãos de quem mais te feriu, de quem tinha capacidade de transformar sua vida em felicidade, porém, te quebrou por dentro. Não se culpe pela insônia causada pelas noites em que ficou acordada fazendo planos, construindo expectativas em cima de expectativas. Você ainda vai ser feliz. Olha, não sei quando e com quem, mas vai. A felicidade chega quando menos esperamos. Não é sua culpa amar demais, sonhar demais, você nasceu para isso, tranque o seu coração para a culpa, deixe ele aberto apenas para resgatar o melhor de si que está aí escondido por muito tempo. Tentaram apagar o seu brilho, o brilho do seu olhar, do seu sorriso. Mas não desista de si mesmo. Culpado é quem não ficou, é quem fez com que as lágrimas caíssem do seu olhar, quem te fez perder noite de sonos pela saudade e lembrança que passava em sua mente. A culpa não é sua, a culpa não é do amor, a culpa é de quem não sabe somar, de quem não conhece o amor e que precisa se aventurar demais até encontra-lo. A vida quer lhe dar alguém que faça com que seu sorrisos sejam os mais sinceros possíveis, que haja felicidade em suas palavras ao pronunciar o nome da pessoa. Você não precisa chorar por alguém que te feriu, no mínimo precisa de quem precisa da sua presença, sua aventura é a vida, escorregue no mar, tome um banho de felicidade, coloca um sorriso no rosto, põe sua melhor roupa e sai. Leia um livro, ouça uma música, cante, dance, faça o melhor para o seu coração, mas não se culpe. Pare de pensar nele ao segurar o celular em mãos, em visualizar a caixa de mensagem e se entristecer a não ver a mensagem desejada. A culpa não é sua, a culpa é de quem não sabe amar. Às vezes é preciso parar de buscar encontrar o amor e deixar que ele nos encontrar. 



Nenhum comentário:

Postar um comentário